Retrospectiva de Julio Le Parc está cartaz em São Paulo - EYE4DESIGN Retrospectiva de Julio Le Parc está cartaz em São Paulo - EYE4DESIGN
30-11-2017

Retrospectiva de Julio Le Parc está cartaz em São Paulo

Julio Le Parc, Série 38 n°1, 1970

Quinta-feira é dia de agenda cultural aqui no E4D! O Instituto Tomie Ohtake desde o último sábado (25/11) está recebendo em seu espaço uma grande retrospectiva de Julio Le Parc, um dos percursores da arte cinética. A exposição, “Julio Le Parc: da Forma à Ação”, foi realizada ano passada no Pérez Art Museum Miami (PAMM), e teve curadoria de Estrellita B. Brodsky, e aqui em São Paulo está reunindo cerca de  100 obras que trazem uma centelha de experiências físicas e visuais.

Julio Le Parc, Cellule avec miroirs courbes et lumière en mouvement, 1963-2005

Julio é argentino e possui 89 anos, requentou  a Escuela de Bellas Artes em Buenos Aires em 1943 onde inicialmente se interessou pela Arte Concreto-Invencion e pelo movimento Spaziliasmo. O artista logo após mudar-se para Paris, tornou-se, em 1960, membro fundador do coletivo de artistas Grupo de Pesquisa de Artes Visuais (GRAV). Ao enfatizar o poder social de objetos e situações de arte não mediados e desorientadores, Le Parc buscou limpar as estruturas e sistemas que separam espectador de obra. Sua inovação no campo da luz, movimento e percepção foi central para os movimentos da arte cinética e ótica da época, enquanto suas teorias de imediatismo e espectadorismo como veículo de mudança social e política, continuaram a integrar a vanguarda parisiense de 1960 adiante.

Julio Le Parc na abertura da mostra

 O trabalho desenvolvido por Estrellita B. Brodsky é uma pesquisa retrospectiva da abrangente prática de Le Parc e uma análise de seu impacto tanto em seus contemporâneos na América Latina quanto na Europa vanguardista do pós-Guerra e subsequentes gerações de artistas. A exposição conversa com força com o presente, demandando presença física e perceptiva do público. “Julio Le Parc: da Forma à Ação” apresenta o artista à nova geração, permitindo que cada visitante reaja de forma direta e pessoalmente ao trabalho.

Julio Le Parc, Alchimie 218, 1996

Lembrando que o Instituto Tomie Ohtake fica na Av.Brigadeiro Faria Lima, 201, Pinheiros. De terça a domingo, das 11h às 20h.  A mostra ficará em cartaz até o dia 25 de fevereiro de 2018. Continue ligado no E4D, por aqui as artes, a arquitetura e o design sempre estão a serviço do seu estilo de vida!


TOPO

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

{captcha}