Residência na Austrália projetada por James Russel Architect ideal para a primavera - EYE4DESIGN Residência na Austrália projetada por James Russel Architect ideal para a primavera - EYE4DESIGN
25-10-2017

Residência na Austrália projetada por James Russel Architect ideal para a primavera

A primavera é uma das estações mais bonitas e que mais podem inspirar os arquitetos ou decoradores a projetarem casas interessantes, onde os interiores ficam tão mais agradáveis de se ver. Essa residência na Austrália é um ótimo exemplo de como uma casa mais tropical, bem a cara da primavera faz toda a diferença.

Com projeto de James Russel Architect, a residência se destaca por essa integração entre os ambientes internos e externos. Foram ao todo 370 metros quadrados, onde cada espaço os arquitetos deram um jeito de encaixar o paisagismo de forma interessante. Vemos que além da natureza abundante no projeto, os arquitetos tiveram uma preocupação de fazer com que a luz natural fosse abundante em toda a residência, como a utilização de um teto solar, e aberturas para que a luz natural entrasse nos ambientes.

Os arquitetos tiveram uma inspiração em fazer com que a residência toda fosse como uma grande varanda voltada para a floresta na frente da casa. Os espaços são todos integrados, a ideia aqui era que não tivesse uma separação certa entre os ambientes internos ou externos. As salas ficam localizadas no térreo e conseguem ter uma comunicação direta com o andar superior, que ganhou um pé direito bem alto.

Para os fãs de piscina, vemos que ela desempenha papel crucial no piso térreo da residência. Ela está localizada no centro da residência, o que faz com que exista uma comunicação interessante com o andar superior. O living e a sala de jantar acabaram ficando dispostos em frente a piscina e dos jardins internos. Bem a cara da primavera mesmo esse projeto, afinal não tem como não amar essa estação do ano, não é mesmo?

O andar superior ficou mais destinado para os ambientes mais íntimos da residência, onde os quartos dos moradores estão localizados. Vemos que mesmo tendo esse objetivo, os arquitetos não optaram em isolar esses espaços e provar que dá para ao mesmo tempo integrar e manter uma certa privacidade. As grandes janelas com vistas para a floresta fazem esse papel. E você? Gostou dessa casa? Continue ligado no E4D, por aqui a arquitetura e o design sempre estão a serviço do seu estilo de vida!

 


TOPO

ASSINE NOSSA NEWSLETTER