O que falar sobre a Semana de Design de Milão - EYE4DESIGN O que falar sobre a Semana de Design de Milão - EYE4DESIGN
24-04-2017

O que falar sobre a Semana de Design de Milão

Pra começar é preciso lembrar que o design faz parte da cultura de uma sociedade. Os móveis, objetos e produtos são reflexos de como enxergamos e consumimos o mundo. Sinto claramente que a globalização fez com que os países perdessem grande parte de sua individualidade. Tudo está muito parecido e muito confortável a todos. Foi se o tempo em que viajar para um outro país era voltar cheio de ideias novas e surpresas na mala. Hoje em dia  ir para os Estados Unidos ou Paris é quase ver as mesmas vitrines, tendências e pessoas. Até mesmo a culinária típica de um país, hoje se resume a restaurantes com uma cozinha contemporânea para agradar o paladar de seus clientes idem.
Como disse em primeiro, essa cultura não poderia estar ausente no mundo do design. Milão, Paris e Londres é tudo “Europa”, aliás essa definição sempre me soou como algo impessoal. Em todos os cantos você vai se deparar com produtos Zara ou mesmo Moroso, Ligne Roset e até Paola Lenti. As feiras internacionais são nômades e carregam consigo uma lista quase marcada de expositores. Dentro esse cenário confesso que foi bastante desafiador apontar os destaques da semana. Por isso achei mais justo falar sobre espaços que de alguma forma me encantaram e não apenas sobre produtos.
 Vamos começar falando da exposição “Be Brazil” que ocorreu na “Università degli studi di Milano”, em parceria com a Brazil S/A. Não apenas uma  cenografia linda mas a atmosfera, as músicas e também nosso design, que estava com cara de profissional e de gente grande. Peças com acabamento impecável, detalhes bem pensados e um bocado de criatividade com nossa cara. Sem dúvida um grande salto comparado ao ano passado e um amadurecimento extremamente importante para nossa imagem e indústria. O Brasil fez bonito!
Vista geral da exposição Be Brazil
Ainda falando da nossa terrinha, gostaria de destacar o espaço da Sollos, representado pelo design poderoso de Jader Almeida. Acho admirável o patamar que suas peças atingiram e pelos mesmos motivos acima posso destacá-lo como um grande representante do Brasil. Fico feliz em ver peças tão bem feitas com selo Brasileiro. Visitar seu espaço é sempre respirar sua marca nos mínimos detalhes.
Espaço Sollos em Milão
Um lugar que considero imperdível e abre minha cabeça para um mundo emocional cheio de mensagens subliminares é a Moooi. Uma das poucas marcas que trabalham tão bem a criatividade e o surrealismo transformados em produtos e ainda por cima comerciais. Culpa da genealidade de um de seus cabeças, Marcel Wanders, claro!
Espaço da marca holandesa Moooi
Imperdível também é uma visita a Galeria Rossana Orlandi. Um resumo de arte, design e bom gosto onde é possível encontrar objetos bacanas como flores de papel delicadas e feitas `a mão (Paper Eden), que podem ser usadas de diversas formas, armação de óculos feita em pedra (Mora Eyewear), o que envolve uma alta tecnologia, ou mesmo um espelho lúdico, elegante (Sé) e bem desenhado.
Galeria ROSSANA ORLANDI
Flores de papel da Paper Eden
Linha lançada pela Mora Eyewear
Espelho criado pela designer Nika Zupanc para a Sé
Resumindo, ir a Milão se tornou um passeio (ou quase uma obrigação) para os profissionais da área. Uma semana que apesar de bastante cansativa e recheada de muita informação ainda nos traz ótimos momentos, pensamentos e muito gelato! Pena que a típica siesta italiana para digerir tanta novidade também está em escassez.
Por: Roberta Rampazzo
O meu preferido da viagem
Por: Time de Redação

TOPO

ASSINE NOSSA NEWSLETTER