Guilherme Torres: uma nova visão sobre arquitetura - EYE4DESIGN Guilherme Torres: uma nova visão sobre arquitetura - EYE4DESIGN
08-08-2014

Guilherme Torres: uma nova visão sobre arquitetura

arquiteto Guilherme Torres

O E4D conversou com o arquiteto Guilherme Torres que mostrou que não à toa tatuou no braço WORK IT HARDER BETTER FASTER MAKE IT OVER, citação do grupo francês Daft Punk e que representa bem seu modo de pensar ágil e seu ideal profissional, já conhecido por ser perfeccionista. Característica essa que se equilibra perfeitamente com uma pessoa esperançosa em relação à arquitetura e com muita determinação para deixar sua marca e fazer a diferença não só nessa área.

A melhor viagem do mundo?
A melhor viagem e sempre a próxima!

Sua profissão secreta?
Não sei guardar segredos, cozinheiro, todo mundo sabe.

Um artista que fala sua língua?
Regina Silveira.

Arquiteto e designer favorito?
Mies van der Rohe para sempre.

Um luxo essencial?
Agua quente!

Algo que te inspire?
Observar o cotidiano.

Seu lugarzinho preferido dentro de casa?
Meu sofá.

Lojas e marcas que se comunicam com você?
Não sou muito ligado em marcas, sou muito volátil. posso gostar de uma coisa agora e em meia hora já ter perdido o encanto.

Fonte de informação, inspiração e comunicação?
Cinema sempre. cultura urbana, musica.

Bar, restaurante ou café onde você pode ser visto?
Frequento sempre os restaurantes perto de casa. Chez Mis, Le Jazz, Ritz.

E daqui a 5 anos?
I will survive.

Um projeto que te marcou? E por quê?
O Mangue Groove Project que desenvolvemos para a Swarovski na última edição do Design Miami. Foi uma oportunidade de atuar de forma completamente livre e artística, apresentando uma outra visão do Brasil, livre de arquétipos, com foco da tecnologia e arte como pano de fundo para discutir a preservação ambiental.

E um projeto dos sonhos?
Carta branca para projetar um hotel. Para escolher tudo mesmo!
Uma curiosidade: a tatuagem no braço com a frase do Daft Punk. O que ela representa e por que você a fez?
Harder, better, faster, make it over. Tem tudo haver com a velocidade com que eu penso!

Na reforma de sua casa de Londrina, você fugiu do seu estilo que é mais metódico e perfeccionista. Existe um porquê e como isso aconteceu?
Quando a casa e minha, faço o que me der vontade, não tenho que seguir regras e gosto te viver em espaços diferentes do que projeto no meu dia a dia.

Quando você se sentiu seguro o suficiente para montar seu próprio escritório?
Não me sinto seguro ate hoje! Acho que segurança e algo impossível nos dias de hoje, as regras de mercado mudam o tempo todo, é um malabarismo equilibrar as contas de uma empresa todo mês.

Como você vê o futuro da arquitetura no Brasil?
Sombrio mas com manchas de luz. Infelizmente sempre vemos muito do que foi ótimo abandonado em detrimento de arquiteturas anônimas. Podemos reparar isso em obras públicas, nada tem uma assinatura que as caracterize. E isso é muito triste. Temos uma minoria de empresas lutando contra a maré e propondo novas maneiras de ver o espaço urbano. Espero engrossar este time.

E a questão “sustentabilidade” no design e arquitetura?
Sempre soa como um marketing sem profundidade pra mim. Acredito que o mais importante é a ética. Quando se tem critérios de ética, o respeito a comunidade e ao meio ambiente andam casadas. Falta responsabilidade e profundidade da parte de toda sociedade em deixar um legado para nossos sucessores.

Para finalizar, o que é arquitetura para você e quando ela entrou na sua vida?
Deve ter sido quando eu me reconheci como gente. Não houve um momento específico porque desde criança, o espaço me instigava, fascinava e incomodava. Vivia pesquisando, desenhando e propondo ao meu pai reformas para nossa casa. Sempre quis viver numa casa bonita, e sempre vi a estética como um ideal para alcançar mais felicidade. Arquitetura é o grande triunfo do ser humano, afinal construímos todas as estruturas que desfrutamos, mas são poucas as memoráveis! Quero construir um mundo ideal, e acredito que cada projeto seja uma semente plantada. Tenho esperança!

arquiteto Guilherme Torres arquiteto Guilherme Torres arquiteto Guilherme Torres arquiteto Guilherme Torres arquiteto Guilherme Torres arquiteto Guilherme Torres

TOPO

ASSINE NOSSA NEWSLETTER