Descubra o que Studio 011 e Mestisso Arquitetura adiantaram sobre a 4a edição da Modernos Eternos - EYE4DESIGN Descubra o que Studio 011 e Mestisso Arquitetura adiantaram sobre a 4a edição da Modernos Eternos - EYE4DESIGN
04-08-2017

Descubra o que Studio 011 e Mestisso Arquitetura adiantaram sobre a 4a edição da Modernos Eternos

Dando continuidade a nosso especial de posts sobre a quarta edição da Modernos Eternos, hoje iremos mostrar o que o Stuido 011 e Mestisso Arquitetura prepraram para a mais nova edição da feira boutique. Lembrando que a Modernos Eternos é um dos eventos âncora do SP Design Weekend, e vai ocorrer semana que vem na Casa Bossa, dentro do Shopping Cidade Jardim.

Studio 011 é um escritório de arquitetura composto por Barbara Gomes da Silva e Giulliana Pinheiro Savioli. Ela defendem que a arquitetura é apenas uma forma de se expressar, seja a maneira que for. Elas nos adiantaram alguns detalhes de ambiente que elas estão assinando na feitura boutique!

– Qual a proposta de vocês do mix e match?

A proposta foi fazer um ambiente que transita harmonicamente entre o passado e presente. Um espaço despretensioso e descomplicado porém sem perder a sofisticação. Tudo foi pensado para valorizar as peças de design Brasileiro, o melhor do mobiliário italiano e a arte. 

– Cite uma música contemporânea e uma vintage que representem o modo do seu espaço.

Pensamos numa proposta que unisse o clássico (jazz, blues, com algo mais atual) que acreditamos que traduz de forma singular elementos vintage com contemporâneo, que o ambiente acaba trazendo na essência da sua composição.Para isso, uma pequena playlist, pois apenas duas musicas seriam pouco para transmitir todo o modo. 

Should I Stay Or Should I Go – The Cooltrane Quartet;

Sweet Dreams – 48th St. Collective

Ella Fitzgerald & Louis Armstrong: Moonlight In Vermont

Nina Simone – I put a spell on you

Nina Simone – My Baby Just Cares For Me

Daughter – “Get Lucky”

Hooverphonic – 2 Wicky

HAIM – Want You Back

Sigma – Find Me ft. Birdy

– Nos conte a historia de uma peca antiga e de uma peca de design contemporâneo que você tenha escolhido para o seu espaço.

Peça Vintage: O banco Onda foi um achado na loja Espaço Cardeal e serviu como ponto de partida do projeto. Tudo foi pensado para valorizar a peça que tem três metros de comprimento, feito em madeira jacarandá e orginal da década de 60. A peça criada por Jorge Zalszupin – nascido na Polônia em 1922, se mudou para o Brasil depois da Segunda Guerra, onde viu oportunidade para desenvolver arquitetura e sua marca de mobiliário L’Atelier – tem também um revisteiro que dá um toque multifuncional no banco além de ser super charmoso. 

Peça contemporânea: Outro grande destaque do espaço, é a poltrona Santa Monica da renomada marca Italiana Flexform. A cor (azul jeans) nos chamou atenção logo de cara mas além disso, essa peça nos transmitiu exatamente o conceito e proposta do tema da mostra – o mix & match. A poltrona é contemporânea e muito atual mas transita entre o passado e presente. Enxergamos aqui muita tecnologia e inovação mas também um toque vintage que nos remeteu à clássica poltrona Bergère ou até mesmo à espetacular poltrona Chifruda criada por Sergio Rodrigues.  

Andrea Lucchesi, Carolina Razuk e Merê Esteves uniram suas experiências do segmento para montar a Mestisso Arquitetura em 2014. De lá para cá são quase 3 anos, onde as diferenças visões se unem e tornam os projetos assinados por elas, simplesmente incríveis. Vamos ver o que elas nos adiantam sobre a participação delas na Modernos Eternos!

 – Qual sua proposta do mix e match?
Nossa proposta para o espaço é unir aspectos contemporâneos, peças que contam histórias, misturando designers brasileiros de diferentes épocas com mobiliário internacional, obras de artes e objetos garimpados em viagens trazendo assim lembranças de bons momentos. – Cite uma música contemporânea e uma vintage que representem o mood do seu espaço
Música contemporânea:
Fatima Yamaha – What’s A Girl To DoMúsica Vintage:
Alice Coltrane – Turiya And Ramakrishna`

– Nos conte a historia de uma peca antiga e de uma peca de design contemporâneo que você tenha escolhido para o seu espaço

Peça antiga: SOFÁ
Sofá desenhado por Salvatore Dinucci, como dizia a assinatura deixada em seus móveis, foi um importantíssimo produtor de mobiliário moderno brasileiro entre os anos 1940 e 1960. Muito consumido por uma clientela ainda reticente ao gosto modernista, o marceneiro foi bem-aceito especialmente por produzir móveis que eram uma releitura do estilo neoclássico.
Seguindo essa estética, suas peças traziam muitos detalhes em baixo relevo e tinham um inesperado colorido. Hoje, os móveis e objetos desenhados por Dinucci (de quem muito pouco se sabe) são verdadeiros itens de colecionador.

Peça Contemporanea: ESTANTE
A estante modular Trinca é uma peça versátil e flexível. Os módulos de madeira, prateleiras e vasos podem ser encaixados em qualquer ponto da estrutura. A partir da combinação de seus três elementos fundamentais, o aço, a madeira e os vasos de inox, a estante modular Trinca pode ser configurada e reconfigurada como peça escultórica para exposição de objetos, biblioteca, bar, escritório, parede verde, armário, home theater ou até mesmo tudo isso junto.

Lembrando que nos próximos dias, teremos entrevistas com outros arquitetos que vão participar da 4a edição da Modernos Eternos. Continue ligado no E4D por aqui a arquitetura e o design sempre estão a serviço do seu estilo de vida!

TOPO

ASSINE NOSSA NEWSLETTER